Tudo que você precisa saber sobre direção defensiva

Ser um bom motorista: é o que muita gente quer, mas muitos não sabem como. Então, aqui você aprende como pode dirigir melhor para evitar acidentes e ser visto como exemplo para futuros motoristas com dicas incríveis da Itaro e da Policia Militar de SP.

 

Mas atenção! Aqui temos apenas uma parte teórica do assunto, se preferir e puder, faça um curso completo de direção defensiva, OK?

Como o que é preciso para dirigir bem?

direção defensiva

 

Podemos definir isso como: dirigir sem causar acidentes, sem cometer infrações, sem faltar com boa conduta e sem abusar do veículo de qualquer forma. Isso é o básico que qualquer motorista deve saber e é por isso que existe o curso A e B dos CFC (Centros de Formação de Condutores), sendo o curso A teórico e B prático, conhecido como “aula de volante”.

 

Sim, todos precisam saber e colocar isso em prática. A melhor forma de fazer isso é se conscientizando.

batida de carro

Para evitar acidentes, por exemplo, você pode mudar seu caminho para pegar ruas mais tranquilas ou até deixar de dirigir para usar transporte público, mas nada disso é suficiente porque estamos apenas mascarando um problema. É preciso então fazer com que todos entendam que evitar acidentes pode ser simples.

 

Exemplo: se você vê um acidente de trânsito e se pergunta “quem é o culpado?”, é necessário saber que isso faz parte da conscientização, pois em um acidente não importa quem o provocou, mas que ambos os motoristas envolvidos poderiam tê-lo evitado. Judicialmente, decidiria-se quem é ou não culpado, mas na hora “H” precisamos pensar rápido.

 

Resumindo: não adianta entrar em um acidente e achar que está certo, pois o certo é não entrar em um acidente, entendeu a diferença?

 

Depois disso, você tem que ver se seu carro está em ordem para o trânsito. Nessas horas, todo mundo entende de mecânica, mas sim, é preciso fazer revisões periodicamente.

Condições adversas: fatores importantes para o trânsito

Para adaptar o seu comportamento no trânsito e evitar acidentes, você precisa estar por dentro de algumas coisas que chamamos de ”condições adversas”. Com elas, você pode prevenir o seu e os outros carros de acidentes. São elas:

 
dirigir carro

  • Condições de iluminação (do carro e da via onde anda)
  • Condições climáticas
  • Condições da via (estrada ou asfalto)
  • Condições do trânsito (engarrafamentos)
  • Condições do motorista (alteração psicológica)

 

Atenção para distância e tempo entre os carros

Não importa em que carro esteja sempre há aquele tempinho que demoramos para reagir e fazer, isso é normal e por isso merece uma super atenção. Há algumas definições que você precisa saber antes de dirigir e lembrar quando estiver dirigindo para não bater em nada nem ninguém. Isso é quase instintivo, mas mesmo assim vemos acidentes todos os dias, então veja:

 

retrovisor

 

  • Distância de reação – quando você vê um problema e toma alguma decisão.
  • Distância de frenagem – você viu o problema, freou e parou.
  • Distância de parada – desde ver o problema até parar completamente.
  • Distância de segmento – entre o seu carro e o carro da frente.
  • Tempo de reação – Você vê o problema e toma uma decisão.
  • Tempo médio de reação – Você já viu o problema e age.
  • Tempo de frenagem – Depois de frear até o carro parar.
  • Tempo de parada – Você viu o problema, reagiu e já parou.

Então: tempo de parada = tempo de reação + tempo de frenagem

Manual básico para prevenir acidentes no geral

placa evite acidentes1 . Prever o que pode acontecer quando vê algum problema. Veja o que pode ou não ocorrer naquele local e pergunte-se o que você pode ou não fazer para evitá-lo. Para isso, use as condições adversas que citamos acima. Nessa etapa você apenas pensa no que precisa para fazer aquele caminho sem problemas.

 

2 . Descobrir o que fazer para que o acidente não ocorra. Depois que você verificou seu carro, verificou a rua e se está OK para andar, mesmo se vir algum acidente na rua, ou se precisar passar por um, e para evitar que aconteça com você, atenção redobrada e tenha em mente as distâncias que citamos acima, assim como os tempos, pois eles ajudam a saber se você está ou não seguro.

 

3 . Se precisar fazer alguma coisa para evitar um acidente, não importa o que, aja a tempo! Isso é muito importante porque muitas pessoas ficam com medo ou esperam os outros tomarem uma atitude. Se você já ouviu aquela frase “é preciso dirigir por si e pelos outros”, você deve saber do que estamos falando. Aqui é a etapa de colocar a teoria em prática.

 

4 . O último e mais importante passo é o que define tudo aquilo que é necessário para dirigir corretamente:

 

Conhecimento: conhecer as leis de trânsito, saber o que fazer para se prevenir de um acidente e conhecer o seu próprio carro.

 

Atenção: estar atento ao que acontece em volta, como retrovisores e aos lados (exemplo: a 80 km/h são quase 90 m sem freio, cuidado!).

 

Previsão: ao longo ou curto prazo é preciso saber o que pode-se fazer para evitar complicações (exemplo: em uma revisão ou em um cruzamento é preciso prever problemas).

 

Decisão: agir com bom senso na hora que precisar e evitar acidentes.

 

Habilidade: saber usar bem o carro, se tem prática com ele e saber fazer manobras de emergência.