Tudo que você precisa saber sobre alinhamento

O que é alinhamento?

 

 

O tipo mais comum de manutenção de pneus é o alinhamento, pois ele trabalha diretamente com a suspensão do carro. Se mal feito ou ignorado, pode causar avarias, prejudicando o equilíbrio, segurança e rodagem do veículo. Então, é bom sempre ficar de olho nisso.

 

O alinhamento nada mais é do que um processo que regula os ângulos de direção e suspensão do carro. Esses três tipos de desalinhamento são definidos como:

 

– Divergência ou convergência: inclinação positiva ou negativa dos pneus no eixo horizontal;
– Câmber: inclinação positiva ou negativa dos pneus no eixo vertical;
– Cáster: inclinação do pino mestre em relação à suspensão.

 

O alinhamento da maioria dos veículos é projetado para minimizar o desgaste e também maximizar o conforto do motorista. Se quiser melhorar o desempenho do seu veículo, ajuste o alinhamento dos pneus. É bom entender que carros diferentes possuem necessidades diferentes, por isso não há nenhuma exigência universal para alinhamento de carro.

 

 

alinhamento_itaro_blog

Exemplo de desgaste dos pneus e desalinhamento por divergência e convergência

 

Por que meu carro precisa de alinhamento?

 

 

A necessidade de fazer alinhamento geralmente é perceptível quando, ao dirigir o carro em uma linha reta, você solta o volante sutilmente e percebe que ele pode “puxar” para a direita ou esquerda. O alinhamento ajusta os ângulos das rodas e faz com que elas fiquem literalmente alinhadas, perpendiculares ao solo e paralelas entre si. Desta forma, a direção do carro não sofre alteração.

 

 

Fazer alinhamento periodicamente é necessário porque:

 

– Permite maior economia, pois evita a troca constante dos pneus;

– Previne o aumento do atrito entre o pneu e o solo, o que contribui para a economia de combustível;

– Previne o deslocamento exagerado do veículo, o que pode prejudicar a segurança do automóvel;

– Dá mais leveza à direção do carro, devido a menor resistência dos rolamentos.

 

camber_caster_itaro_blog

Exemplo de desalinhamento por câmber e cáster

 

Quando eu preciso fazer alinhamento?

 

– Em toda revisão indicada pelo fabricante que for realizada ou, pelo menos, a cada 7 mil quilômetros rodados;

– Caso você perceba algo errado após fortes impactos contra pedras, guias ou buracos;

– Sempre que perceber algum comportamento estranho na direção – por exemplo, quando o volante tende a ir para um lado;

– Sempre que um elemento na suspensão ou direção for substituído;

– Quando desgastes irregulares nos pneus forem detectados;

– Sempre que os pneus forem substituídos.