Tudo o que você precisa saber sobre balanceamento das rodas

 

Antes de tudo, é preciso fazer um alerta sobre o serviço de alinhamento e balanceamento de rodas. Esses serviços devem ser feitos por um profissional especializado e capacitado, principalmente por está ligado a muitos quesitos importante em relação ao veículo, como segurança, economia e dirigibilidade. Por isso, a Itaro oferece esse serviço em oficinas especializadas perto de você e com Garantia Itaro de Satisfação: o melhor serviço para o seu carro ou seu dinheiro de volta. Confira aqui os melhores serviços.

Balanceadora

Balanceadora: aparelho que mede o balanceamento da roda.

Vamos ao balanceamento

Muitas pessoas confundem balanceamento com alinhamento ou acham que esses procedimentos são iguais. Na verdade, eles são bem diferentes e se complementam. Se você quiser saber mais sobre alinhamento de rodas, acesse o post que falamos sobre clicando aqui.

Por quê fazer balanceamento

Imagine que aconteça o seguinte: você sente vibrações no volante, enquanto dirige. De repente, sente trepidações também no piso do carro ou no painel, isso tudo acontecendo diversas vezes e em velocidades diferentes. Se isso acontecer, é porque partes diferentes dos pneus estão desiguais, umas mais desgastadas do que as outra, o que faz o carro ficar “pulando” e com vibração.

 

Sim, muito provavelmente você precisa fazer o balanceamento nas rodas.

 

Representação dos tipos de desbalanceamento que geram vibrações nos pneus.

Representação dos tipos de desbalanceamento que geram vibrações nos pneus.


 

O balanceamento garante que o desgaste dos pneus fique sempre igual, por meio de pequenos pesos colocados nas rodas. Esses pequenos pesos corrigem o desbalanceamento dinâmico (lateralmente), que faz a roda virar para os lados, e o desbalanceamento estático, que faz a roda pular para cima, geralmente no meio do pneu.

 

Bom, é óbvio que se você passar por buracos ou frestas grandes em ruas, em meio ao asfalto ou em terra batida, as rodas vão sofrer algum impacto e isso também gera esse desgaste desigual, deixando a roda “torta”.

Os problemas causados pela falta do balanceamento

Agora, imagine que você está passando por este problema, com trepidações ao volante ou em outras partes mecânicas ou elétricas, pensando: “não deve ser nada”. No mínimo, a falta do balanceamento das rodas prejudica sua direção, fazendo você perder o controle do carro, em casos extremos. E não adianta apenas balancear as rodas dianteiras, pois mesmo que você não perceba vibrações na parte traseira, esta pode causar problemas também em mecanismos ou componentes internos.

 

carro-pneu-balanceamento-alinhamento

Componentes da direção que podem ser afetados pela falta de balanceamento, permitindo a perda de controle do carro.


 

Só para você saber: geralmente, se sentir vibrações estranhas em qualquer parte do carro, estando em velocidade de até 60 km/h, é um sintoma de que as rodas podem estar desbalanceadas.

 

O desgaste irregular dos pneus que citamos, nada mais é do que um pneu ficar menor que o outro, mas pense novamente: se um fica menor que o outro, a direção fica instável e, novamente, passível de acidentes.

Quando é preciso fazer o balanceamento?

No entanto, além desses sintomas, é altamente recomendável que você faça o balanceamento dos pneus a cada 10 mil km rodados, sempre que for feito algum conserto ou reparo nos pneus ou ainda a instalação de novos pneus, bem como substituição de componentes do conjunto rodante, assim como rolamentos das rodas, pastilhas de freios, alguma peça da suspensão, entre outros.

 

Agora que você já conhece melhor, para que serve e porque fazer balanceamento, fique atento ao seu carro e consulte e aproveite os serviços que a Itaro oferece de alinhamento, balanceamento e instalação de pneus. Confira agora!