Entenda os sinais de desgaste dos pneus

Luzes de alerta acesas no painel, ruídos estranhos (internos ou externos), vibrações, aumento do consumo de combustível, fumaça etc. Esses são apenas alguns dos sinais que o veículo pode dar quando vem problema pela frente. Aliás, dificilmente um carro deixa te deixa na mão sem antes dar algum aviso.

 

E isso não é diferente com os pneus. A falta de manutenção e atenção com os pneus do seu carro pode levar ao desgaste prematuro e também à problemas mais sérios, como, por exemplo, um estouro.

 

A boa notícia é que você pode facilmente notar os sinais de princípio de irregularidades apenas prestando um pouco mais de atenção em alguns pontos e no desempenho do veículo.

Dá uma olhada.

 

Exemplos de desgaste dos pneus

Exemplos de desgaste dos pneus.

Ruído, vibração ou batida incomuns 

Esses sinais podem indicar que a roda está desbalanceada ou desalinhada, e os pneus estão trabalhando em desequilíbrio; que o pneu foi mal montado; que há surgimento de bolhas ou deformações ou mesmo algum defeito de fabricação.

 

 

Possíveis formas de alinhamento

Possíveis formas de alinhamento

Aumento do consumo de combustível calibragem de pneus

Muitos fatores podem impactar nesse problema, um deles é a pressão irregular do pneu. Rodar com menos ar do que o recomendado pela fabricante tanto pode desgastar prematuramente os pneus quanto pode aumentar o consumo de combustível, isso porque o motor acaba usando mais força para locomover o veículo, ou seja, o carro fica “mais pesado”.

 

Pneus que cantam frequentemente

Claro que quando o motorista solta a embreagem com mais rapidez ou com o motor em alta rotação, o veículo tende a cantar pneus. No entanto, fora dessas situações não é comum que os pneus derrapem no momento da partida do carro. Isso pode significar que o pneu está perdendo a capacidade de aderência com o solo. Nesse caso, vale a pena checar a profundidade dos sulcos. Um modo prático de fazer essa verificação é deitar um palito de fósforo sobre um dos sulcos do pneu. Se a cabeça do palito não estiver completamente coberta pelo sulco é hora de realizar a troca. Lembrando que alguns pneus são desenvolvidos com um indicador de vida útil, chamado TWI, localizado entre os sulcos. Quando a banda de rodagem fica rente ao TWI, é hora da troca os pneus.

indicador de desgaste dos pneus