Como funciona a sinalização de trânsito?

Se você está tirando a primeira habilitação deve ter tido muito contato com ela. Para os motoristas mais experientes, dirigir sem ela pode ser um grande perigo. Já sabe do que estamos falando?  Se sua resposta foi a sinalização de trânsito, parabéns! O conjunto de aparatos que compõem as sinalizações de trânsito são extremamente importantes para uma convivência amigável nas vias da cidade. E mais, sem uma sinalização adequada, há possibilidade de graves acidentes.

 

Para te ajudar a entender melhor como é formado o sistema de sinalização, seu funcionamento e indicações, separamos abaixo um pequeno dossiê. Com essas informações, você poderá aprender ou reciclar seu conhecimento, dirigindo com muito mais segurança e confiança. .

 

Primeiros passos

 

As sinalizações de trânsito dividem-se em: sinalização vertical e horizontal. Abaixo, falaremos mais detalhadamente sobre elas a seguir. 


Sinalização Vertical

 

Este é o tipo de sinalização viária correspondente às placas fixadas em postes, pontes, hastes, ou qualquer outro suporte que as deixem na vertical. Um exemplo de sinalização vertical é a placa de PARE. A categoria subdivide-se em: placas de regulamentação, sinalização de obras, advertência, indicação, placas educativas, serviços auxiliares e placas de atrativo turístico. Ficou em dúvida do que se trata cada uma delas? Veja:

 

– Placas de regulamentação: são aquelas em círculo vermelho, com figuras e/ou letras em preto. Servem para indicar ao cidadão as condições, proibições, obrigações ou restrições para utilização das vias na cidade e no campo.

 

placas-regulamentacao

 

– Placas de sinalização de obras: normalmente identificada na cor laranja, as placas dessa categoria são temporárias e tem como função principal alertar e orientar sobre intervenções na pista. Para isto, utilizam figuras que ilustram a situação que o motorista enfrentará à frente.

 

placas-sinalizacao-obras

 

– Placas de advertência: as placas de advertência sinalizam os possíveis perigos, obstáculos e restrições da via. Em sua maioria, estão na cor amarela e no formato de losango, com figuras e letras pretas.

 

placas-advertencia

 

– Placas de indicação: abrange 4 tipos de sinalização – identificação, orientação de destino, educativa e auxiliar. As placas de identificação servem para posicionar o motorista durante todo seu trajeto (sabe aquelas placas que mostram o nome da cidade, da rodovia ou os limites de municípios? elas se encaixam aqui); As placas de orientação de destino, como o próprio nome diz, são responsáveis por orientar o condutor no percurso até determinado local, indicando a direção ou distância (são as tradicionais plaquinhas verdes, presentes em ruas, avenidas e estradas); As placas educativas servem para salientar as normas de utilização da via e reforçar as boas práticas no trânsito, contribuindo para uma viagem segura e sem acidentes; Já as placas auxiliares tem como função principal o apoio ao motorista na estrada ou no asfalto, mostrando a direção e o tipo de serviço oferecido em determinado local. São produzidas na cor azul, com ícones variando entre o preto e o vermelho, de acordo com a finalidade.

 

placa-identificacao

Modelo de placa de identificação

 

placas-de-identificacao-e-placas-de-orientacao-de-destino

Modelo de placa de orientação de destino

 

placa-educativa

Modelo de placa educativa

 

placas-sinalização-serviços-auxiliares

Modelo de placas de sinalização de serviços auxiliares

 

– Placas de atrativos turísticos: também se encaixa na categoria das placas de indicação, pois tem como objetivo principal apontar a localização de pontos turísticos ou locais de interesse e utilidade para o motorista. Identificam-se pela cor marrom.

 

placa-sinalizacao-atrativos-turisticos

Modelo de placa de sinalização de atrativos turísticos

 

Sinalização Horizontal

 

A sinalização horizontal é caracterizada por tudo o que está pintado, desenhado ou escrito na chão. São exemplos as faixas de pedestre ou o olho de gato, responsáveis por delimitar as pistas.

 

Segue um padrão de formas composto por: sinalização contínua (linhas sem interrupção que marcam a via), tracejada ou seccionada (a linha sofre interrupções, com espaços delimitados) e setas, símbolos e legendas (desenhos ou indicações feitas sob o asfalto, podendo servir como complementação à sinalização vertical).

 

Além das formas, as sinalizações horizontais também seguem um esquema específico de cores. Veja:

 

– Amarela: certamente você já notou as faixas amarelas por aí. Elas delimitam o espaço entre as faixas num fluxo de sentidos opostos, demarcam áreas em que é proibido estacionar, regulam os locais de ultrapassagem, contribuindo assim para a eficiência do tráfego. Marcam, ainda, os obstáculos presentes na via.

 

exemplo-aplicacao-faixa-amarela

Exemplo de sinalização com faixa amarela

 

– Branca: comuns em nossas cidades, as sinalizações de cor branca são aplicadas na organização do fluxo de veículos num mesmo sentido, na demarcação dos locais para estacionar, em faixas de travessia dos pedestres, em símbolos ou legendas escritas no asfalto, entre outros.

 

Exemplo de sinalização com faixa branca

Exemplo de sinalização com faixa branca

 

– Vermelha: a cor vermelha está presente na demarcação das ciclofaixas e ciclovias. Ela também é usada na identificação de hospitais e farmácias, por meio de uma imagem de cruz.

 

Exemplo de sinalização com faixa vermelha

Exemplo de sinalização com faixa vermelha

 

– Azul: as sinalizações na cor azul são usadas para identificar áreas especiais de estacionamento, embarque e desembarque para pessoas com deficiência.

 

Exemplo de sinalização horinzontal com a cor azul

Exemplo de sinalização horinzontal com a cor azul

 

– Preta: a cor preta é usada para contrastar o pavimento e a pintura realizada na via, facilitando assim a visibilidade da sinalização proposta.

 

Exemplo de sinalização horizontal na cor preta

Exemplo de sinalização horizontal na cor preta

 

Para dirigir bem

 

Quanta coisa, não é mesmo? São tantas especificações e usos que pode ficar difícil organizar tudo na cachola. Mas não se preocupe! O tempo é amigo e você certamente guardará todas as informações necessárias para conduzir seu carro em segurança pelas vias da cidade.

 

Uma dica aos que farão a etapa de prova teórica para obtenção da carteira de habilitação: o site do Detran.sp disponibiliza um simulado da avaliação que pode ser muito útil aos estudos. A plataforma está disponível no site do órgão e também nas lojas de app para Android e IOS.

 

Gostou do tema? Então acesse nossas redes sociais e deixe sua sugestão de pauta. Ficaremos muito felizes em produzir conteúdos baseados em suas dicas e sugestões 🙂