8 cuidados para não arruinar a pintura do seu carro

Manter a boa aparência do seu carro não é apenas uma questão de vaidade. Uma pintura intacta pode ajudar a garantir um valor de revenda mais justo, e os cuidados ajudam a proteger seu automóvel como um todo.

Pesquisamos e levantamos algumas situações em que a pintura do seu carro corre riscos. E, atenção, todas as fontes recomendaram manter uma boa camada de cera em seu carro. Além de embelezar, a cera ajuda a evitar mais danos na pintura. E, no mínimo, dá uma cara de carro lavado profissionalmente.

Como você vai ver, muitos dos problemas podem ser evitados com uma rápida limpeza.

 

Dicas para proteger a lataria do seu carro

Cinzas
O problema: cinzas de cigarro e da poluição.

A solução: mantenha o seu carro coberto sempre que possível; use um espanador para cinzas brancas e lave e encere se for fuligem.

Quando molhadas, formam um alcalóide que pode arruinar o acabamento do seu carro. Ou seja, todo cuidado é pouco.

 

Árvores
O problema: seivas de árvores.
A solução: retirar a mancha com removedor.

Não foi por acaso que os povos antigos usaram a seiva da árvore como cola. Se a seiva estiver seca, use álcool mineral para dissolvê-la. Não se esqueça de encerar o carro depois.

 

O momento de abastecer

O problema: a gasolina vazou.
A solução: limpar os respingos acidentais.

Se a gasolina escore acidentalmente, limpe o mais rápido possível. Se o líquido não for retirado na hora, a gasolina vai deixar uma mancha na pintura do seu carro quase impossível de ser retirada.

 

“LAVE-ME”

O problema: escrever ou esfregar na pintura suja causa marcas permanentes.
A solução: mantenha seu carro limpo.

Todos nós já vimos um “lava-me” escrito com o dedo na sujeira de um carro, mas o recadinho bem-intencionado, na verdade, só piora as coisas. A sujeira age como uma lixa quando é arrastado sobre a pintura, e pode fazer as marcas durarem por muito tempo, mesmo após a sujeira ter desaparecido.

Arranje um espanador para seu carro e use-o todos os dias para evitar esse lixar acidental. Se já é tarde demais, recomendamos um polimento.

 

Seu lanche

O problema: café e refrigerantes contêm ácidos que podem manchar o verniz da pintura.
A solução: lave imediatamente.

Muitas bebidas são ácidas, e uma vez que qualquer ácido pode prejudicar o acabamento do seu carro, você vai querer lavá-lo assim que puder. Se for um refrigerante o líquido derramado, ou se você toma seu café com uma grande quantidade de açúcar, então você vai estar lidando com um resíduo pegajoso e áspero, além de produtos químicos corrosivos.

Para o interior, recomendamos o uso de silicone gel para carro para manter a limpeza e se assegurar que não sobrou nenhum vestígio de bebida.

 

A lavagem

O problema: sujeiras residuais podem arranhar a pintura.

A solução: escolha bem o lava-rápido e mantenha uma luva extra à mão.

Lavar o próprio carro pode ser divertido, mas não reutilize o material (panos, esponjas) caso tenha caído no chão. Os pedaços de cascalho e areia grudam de forma definitiva e inevitavelmente você terá marcas de redemoinho e outros riscos antes que você perceba. Uma boa sugestão é usar luva de lavagem – mais difíceis de caírem no chão.

Quanto à lavagem profissional, selecione bem o prestador de serviço pela mesma razão: o material de limpeza pode estar impregnado com partículas de sujeiras dos outros veículos. E esses restos irão raspar a bela pintura do seu carro. Por isso, bons lava-rápidos trocam de esponjas, cerdas e panos regularmente.

 

Excrementos que vem do céu

O problema: sujeiras de pássaro são ácidas.
A solução: lave imediatamente.

A sujeira deixada por pássaro não é apenas feia. Ela também é ácida. Basta olhar para o número de estátuas de mármore em ruínas nas cidades infestadas por pombos e você entenderá o que queremos dizer. E tem mais: os pássaros comem sementes e pedaços de cascalho que podem arranhar a pintura. Te convencemos?

A solução é lavar a sujeira logo que você vê-la.

 

Insetos

O problema: restos de insetos são ácidos.
A solução: lave imediatamente.

Não faça somente a limpeza do pára-brisa. Lembre-se que o inseto espatifou-se no vidro e seus restos foram espalhados por uma vasta área. Os restos dos insetos são surpreendentemente ácidos, e se você deixá-los lá, os insetos irão se gravar lentamente na pintura do seu carro.

 

Tem mais dicas sobre cuidados que podem ser tomados com a pintura do carro? Deixe seu comentário aqui embaixo!