Faça seu Login
ou
Comece a criar a sua conta
Sua Garagem

Meus carros adicione

DICAS ITARO

Tudo sobre amplificadores automotivos

som_carro

Considerado o coração do sistema de som automotivo, os amplificadores são indispensáveis para um bom funcionamento do som de seu carro. São eles os responsáveis por amplificar a potência do som, trazendo uma melodia mais limpa, precisa e gostosa de ouvir.

 

É importante alinhar a potência do amplificador com a capacidade dos alto-falantes, afinal, de nada adianta um sinal alto sendo que o receptor suportará apenas 50% dele. É como tentar colocar um sofá dentro de um carro de passeio, obviamente não vai caber e, se couber, o porta-malas ficará semi-aberto.  

 

Tipos de amplificadores

 

Os amplificadores se dividem em tipos: boosters e fonte chaveada. Veja abaixo as especificações de cada um deles.

Modelo de amplificador da Taramps

Modelo de amplificador da Taramps

 

  • Booster: tipo de amplificação com estruturação simples e, por isso, potencia limitada. Giram em torono de 100 Watts RMS por canal, em 2 e 4 Ohms.

 

  • Fonte chaveada: também encontrado por aí como Mosfet, esse modelo de amplificador tem um circuito mais trabalhado e, assim, oferece um sinal com mais qualidade. Por ser mais flexível, é o tipo de amplificador mais utilizado na montagem de sistemas de som automotivo. Dividem-se em:

 

Classe A: classe de amplificadores com baixa eficiência e alto consumo de energia. Além disso, aquecem de maneira considerável. No mais, possuem alta fidelidade, baixa distorção e baixo rendimento.

 

Classe B: os amplificadores da classe B muitas vezes não são indicados para sistemas de áudio por conta da baixa qualidade de amplificação de sinais que gera um alto nível de distorção, por isso seu uso é mais incomum.

 

Classe AB: como o próprio nome diz, essa classe é a fusão das classes A e B. Ela pega as melhores partes de cada categoria para formar uma nova classe mais forte e competente. Ele oferece um consumo menor de energia, com menos distorção. A Classe AB representa 95% dos produtos que estão no mercado de som automotivo.

 

Classe D: conhecidos como amplificadores digitais, essa classe de equipamentos são indicados para subwoofers. Possuem boa eficiência e pouca dissipação de calor e sua eficiência está ligada ao baixo consumo de baterias junto a uma grande potência oferecida. Como são exclusivos para subwoofers, oferecem maior nitidez na reprodução de frequências mais baixas.

 

Classe D – Alta voltagem: essa classe tem os mesmos atributos da classe anterior, porém o grande diferencial está em seu sistema de alimentação por alta voltagem. Geralmente, um amplificador D utiliza 12V DC de entrada, necessitando consumir altas correntes para produzir potências elevadas em RMS. Já os amplificadores de alta voltagem consomem muito menos correntes para gerar sua potência.

 

E aí, deu pra entender um pouco sobre o funcionamento e a importância dos amplificadores dentro do sistema de som automotivo? Então se você ainda não tem um, corre em nossa loja e tenha as melhores opções do mercado ao alcance de um clique!