Quando utilizar os faróis auxiliares

Os faróis auxiliares servem para potencializar os faróis principais em determinados tipos de ambientes e normalmente são representados pelos faróis de neblina e faróis de longo alcance (ou milha).

 

Esses dois tipos de iluminação são essenciais para pistas muito escuras e/ou com neblina, pois auxiliam na condução e segurança do motorista e passageiros. A seguir, explicaremos um pouco mais sobre cada tipo de farol e quando utilizá-los. Preparado? Então vamos lá!

 

Farol de neblina

 

O farol de neblina é ideal para melhorar e aumentar a visibilidade do condutor do veículo. Como seu esquema de luz é diferente, proporciona uma iluminação distinta: o facho de luz é curto, aberto e com bastante largura, permitindo que o motorista se localize melhor na pista. Segundo especialistas, há um ganho de mais ou menos 70% em visibilidade.

 

Modelo de farol de neblina

 

É importante que os faróis de neblina fiquem o mais próximo possível do chão, uma vez que a neblina se forma a 60 cm do chão, em média.

 

Farol de longo alcance

 

Popularmente conhecido como farol de milha, esse tipo de iluminação é um plus para os faróis principais. Mas engana-se quem acredita que a potência dele atinge 1 milha (1,6km). Muito pelo contrário, o raio de iluminação desse tipo de farol é de 400 a 500m, em média.

 

Modelo de farol de milha

 

Como complemento ao farol alto, os faróis de longo alcance são utilizados em situações muito específicas. Logo, não se empolgue! O correto é usá-los somente quando a luz principal não dá mais conta de clarear o caminho e a visão do motorista é comprometida. Ao contrário dos faróis de neblina que possuem uma luz espalhada, esse tipo de farol emite luminosidade somente para frente.

 

Cuidado ao usar os faróis auxiliares

 

Essa dica vale tanto para os faróis auxiliares quanto para os demais presentes no carro. Use a luz do seu farol com cautela e evite prejudicar os motoristas que veem na pista contrária. Opte pela utilização do farol alto (ou em potência máxima) somente em locais muito escuros e quando não há movimentação de carros na via oposta a sua.

 
A alta luminosidade pode causar acidentes e até cegar o motorista, por isso não vacile.